Qual é o significado das bodas de casamento?

Você sabe o que significam as bodas de casamento? Confira a lista que preparamos com as explicação das bodas mensais e anuais

Muitos casais fazem comemoração de bodas de casamento e, apesar de as bodas de ouro serem as mais conhecidas (equivalentes a 50 anos de união), existem outras que também têm importante significado.

Saiba mais sobre as bodas e o que elas representam na história do casal.


Significado das bodas de casamento por mês

  • O mês é o das bodas de beijinho, que é algo que os casais trocam constantemente no começo da relação a dois;
  • O mês é o das bodas de sorvete, caracterizada pela adaptação às circunstâncias, apesar da doçura;
  • O mês é o das bodas de algodão doce, que se refere à diversão que deve permear a vida do casal;
  • O mês é o das bodas de pipoca e pode-se celebrar os momentos de cumplicidade típicos de uma sessão de cinema;
  • O mês é o das bodas de chocolate: essa é a sobremesa favorita de um grande número de pessoas e um presente comum entre os casais;
  • O mês é o das bodas de plumas, que remete à leveza que se espera do relacionamento;
  • O mês é o das bodas de purpurina, que faz referência à festa que é a vida de casal;
  • O mês é o das bodas de pompom, no qual se celebra a maciez e o conforto que se deve encontrar no cônjuge;
  • O mês é o das bodas de maternidade: com esse tempo, o bebê já está completamente formado e, com relação à convivência do casal, ela também fica mais forte a cada dia;
  • O 10° mês é o das bodas de pintinhos, na qual se podem comemorar os frutos do casamento;
  • O 11° mês é o das bodas de chicletes: significa que é bastante prazeroso, mas precisa de cuidados. Afinal, quando o chiclete gruda em algum lugar, é bastante difícil retirá-lo.

Qual é o significado das bodas de casamento?


Significado das bodas de casamento por ano

  • No ano, o casal completa o que é chamado de bodas de papel. Tendo em vista que o matrimônio ainda está no começo, é preciso que ele seja fortalecido e é por isso que a boda é de papel: porque se trata de algo frágil;
  • No ano, a boda é de algodão e ainda se trata de um material frágil, assim como é o matrimônio em seu início;
  • No ano, o casamento completa bodas de trigo. A razão para se usar o trigo como forma de representação é a prosperidade;
  • No ano, as bodas são de frutas e de flores, que se relacionam ao conceito de algo que deve ser bem tratado para que não estrague;
  • No ano, comemoram-se as bodas de madeira. Nesse período, é bastante comum que o casal tenha filhos e que comecem a conquistar bens materiais, ou seja, o casamento está mais sólido;
  • O ano de relação é chamado de bodas de açúcar ou de perfume. Nesse momento, comemora-se a doçura da relação e o seu bom aroma;
  • No ano de casamento, a comemoração é de bodas de lã. Esse é um material maleável, assim como a relação e o amor entre o casal deve ser;
  • No ano são comemoradas as bolas de papoula e de barro. Nesse período, o casal celebra as alegrias da sua união até ali e a fortificação do relacionamento;
  • Com 9 anos de casamento, é a hora de o casal comemorar as bodas de cerâmica. São 9.000 dias juntos, o que as pessoas consideram uma arte, assim como o trabalho com a cerâmica;
  • Os primeiros 10 anos de são comemorados com as bodas de estanho, sendo a hora de relembrar os principais momentos da trajetória a dois;
  • As bodas de cristal são referentes aos 15 anos de matrimônio. Normalmente, a dupla deve comemorar o que já conseguiu e determinar novas metas;
  • Aos 20 anos de união, comemoram-se as bodas de porcelana, que significa a delicadeza e, simultaneamente, a resistência necessária para duas décadas de casamento;
  • As bodas de prata representam a metade de um século (25 anos), na qual é indicada uma renovação de votos;
  • Com 30 anos, chega-se às bodas de pérola, cujo significado é transformação, que é normal em todo casamento duradouro;
  • As bodas de coral são que representam 35 anos e o motivo para esse ser o símbolo é a sua resistência;
  • Aos 40 anos, a comemoração é de bodas de esmeralda, que é conhecida no Egito pelo apelido de “guardiã do amor”;
  • As bodas de rubi são as celebradas aos 45 anos de união, sendo o rubi um material com duas características importantes para a vida a dois: a nobreza e a resistência;

As bodas de ouro são as celebradas aos 50 anos de casamento. Nem é preciso mencionar o valor inestimável do ouro, que se assemelha ao valor do amor do casal e da trajetória construída

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *