Como funciona o casamento comunitário

Saiba como funciona o casamento comunitário e veja como fazer a inscrição para participar da cerimônia

Ainda que o casamento seja considerado uma das ocasiões mais comemoradas, também é razão para muita despesa: buffet, pagamento da taxa da Igreja, pagamento do cartório, convites e tudo mais.

É por isso que as cidades concedem aos munícipes a chance do casamento comunitário.

Nesse tipo de casamento, um número máximo de casais divide os gastos e isso não é somente para quem tem situação financeira mais complicada.

É comum que alguns casais não tenham a pretensão de uma super festa, mas queiram comprar uma aliança mais bonita ou viajar com mais mordomias na lua de mel. Se eles economizam usando o casamento comunitário, sobra dinheiro para esses outros planos.

Há pessoas que possuem certo preconceito com os casamentos desse tipo, achando que eles não são bonitos ou que não serão tão inesquecíveis: isso é um erro.

Muitos casamentos comunitários são belíssimos o figurino dos noivos e das noivas não é padrão: cada um pode usar o terno e o vestido que sonhou.

Também é autorizado levar convidados aos casamentos desse tipo: porém, é verdade que eles deverão estar em menor quantidade. Quanto mais casais estiverem se casando, menor será a cota de convidados para cada um.


Regras do casamento comunitário civil

Cada cidade tem as suas datas para fazer os casamentos comunitários e o cartório as informa aos noivos.

Sendo assim, é só comparecer a um e perguntar sobre a realização do casamento comunitário: o funcionário dirá a próxima data e os documentos obrigatórios para a certidão.… Clique aqui para ler o artigo completo

Como escolher damas de honra e pajens para o casamento

As daminhas de honra e os pajens são personagens fundamentais no casamento, já que eles são os responsáveis por preparar o caminho para a entrada da noiva. O número pode variar de um a oito, mas é importante evitar escolher aquelas crianças muito pequenas, pois elas podem começar a chorar a qualquer momento, além de se recusarem a entrar.

Os escolhidos precisam ser desenvoltos, pois por um breve momento serão o centro das atenções, mas é claro que ninguém consegue prever o comportamento da garotada. O ideal é que tanto as daminhas quanto os pajens tenham mais de cinco anos. Também é importante que os noivos tenham muito contato com eles e que seja explicado com todo cuidado a importância da sua participação na cerimônia.

Outro costume é que a noiva pague a confecção, ou o aluguel da roupa usada por esses ilustres convidados no dia do casamento. Por esse motivo é importante não exagerar na quantidade. É bom também se certificar que cada um conheça muito bem a sua função.

casamento-daminhas-pajens

Atividades de pajens e daminhas

Na ida até o altar, os pajens são os responsáveis por levar as alianças, enquanto as damas de honra carregam um buquê de flores. A aliança pode ser colocada em uma almofada pequena, ou em uma caixinha personalizada. Ao chegar no altar, ela deve ser entregue ao noivo. Já a daminha pode trocar o buquê por uma cestinha de pétalas, que também fica um charme.

Dicas para fazer as escolhas

Confira algumas dicas especiais que preparamos para te ajudar a escolher as damas de honra e os pajens do seu casamento.… Clique aqui para ler o artigo completo