Passo a passo para organizar um casamento evangélico

Quer saber como organizar um casamento evangélico seguindo todas as tradições que a religião pede? Então confira as nossas recomendações e veja como você pode realizar uma cerimônia irretocável e inesquecível para os noivos, padrinhos e convidados. Vale lembrar que essas são dicas tradicionais, e nada impede que noivinhas e noivinhos façam algumas adaptações sutis para dar uma identidade própria ao casamento.

Antes da cerimônia

casamento-evangelico

A celebração evangélica também é conhecida como “união matrimonial”, e costuma ter algumas especificações bem próprias. Antes da cerimônia, os noivos são convidados a conversar pessoalmente com o pastor ou pastora da igreja. Nesse momento o casal se torna mais conhecido desse membro importante da congregação, além de organizar todos os detalhes para o grande dia. Vale lembrar que essa conversa é muito importante, pois é ela que irá ditar o direcionamento que o pastor tomará para realizar a união, além de abençoar o casal.

Passo a passo da cerimônia

Apesar de não ter um cronograma rígido, a cerimônia de um casamento evangélico funciona da seguinte maneira, na maioria das vezes:

1. Recepção

Ao iniciar a cerimônia, todos são convidados a ficar de pé para a entrada dos noivos e os seus pais. Ainda de pé, o pastor (a) agradece a presença de todos e explica o motivo da festividade. Em seguida é feita uma oração, acompanhada pela leitura de um trecho da bíblia. Nesse momento todos sentam, com exceção do noivo e da noiva.

2 Homenagens

Os noivos firmam um compromisso de fidelidade um com o outro, além disso são feitas algumas homenagens entre a noiva e o noivo. Essa homenagem pode ser através de algum testemunho real retratando acontecimentos marcantes na vida dos dois, ou cantando alguma canção do casal.

3. Benção

No momento de abençoar essa união, o pastor (a) tem como base as experiências que foram compartilhadas por ambos no primeiro contato, a conversa envolvendo todas as partes na preparação da cerimônia. É comum também que nesse momento sejam mencionados fatos importantes da vida dos dois, onde são compartilhados por toda a comunidade e convidados presentes. Entre os temas mais utilizados durante o casamento evangélico está o amor, além da presença sempre de Deus e da família para construir essa história.

4. Testemunhos

Diferente dos casamentos feitos na igreja católica, não há nenhuma menção a santos ou a Maria. Nesse caso, pessoas são convidadas para partilhar os seus testemunhos com relação aos noivos, sendo que os familiares e amigos costumam realizar uma prece espontânea para abençoar marido e mulher.

5. Músicas

Há liberdade para cantar vários tipos de hinos e canções, e não existe a obrigação de serem tocadas apenas músicas religiosas. Podem ser reproduzidos também outros tipos de canções. Isso fica a cargo do casal e do pastor que irá conduzir a cerimônia. Nada exageradamente mundano, isso varia de acordo com o gosto pessoal, mas na prática, as preferidas são aquelas interpretadas por artistas gospel.

6. Orações

Após a troca de alianças, todos são convidados a estender a mão em direção ao novo casal e fazer as suas orações em prol da felicidade dos recém-casados.

7. Festa

O consumo de bebidas é liberado para aqueles familiares que por ventura não partilham da mesma religião, porém a quantidade é combinada entre o casal antes da cerimônia, para que não haja nenhum tipo de desentendimento. O local para a recepção muitas vezes fica dentro da própria igreja, não havendo a necessidade de se locomover, porém, para festas maiores, assim como no católico, são usados salões de festas específicos.

Essas foram as nossas dicas para organizar um casamento evangélico. Se você gostou, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso tenha alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *