Como funciona o casamento judaico

O casamento judaico é uma cerimônia bem diferente do que estamos acostumados a ver (se comparado ao católico, por exemplo), mas a sua realização é mais simples do que se imagina. Ele é feito por um rabino, que lê para os familiares e amigos parte do salmo 118, seguido de uma benção para os noivos. Essa menção é bem rápida, pois de acordo com as tradições judaicas, trata-se do primeiro passo de uma nova vida cercada por preocupações relacionadas à religiosidade, obrigações morais voltadas para o povo judeu, além das obrigações específicas do casal.

Preparação para o casamento judaico

casamento-judaico-como-funciona

Antes de começar os preparativos, é bom lembrar que nem todo mundo pode optar por um casamento judaico, pois é preciso seguir alguns procedimentos obrigatórios. O primeiro deles é que um dos noivos precisa ser judeu. Na prática, isso significa que se a noiva for judia e o noivo não, o casal pode fazer a cerimônia judaica. Porém, o noivo precisa se converter seguindo três procedimentos:

  • Circuncisão;
  • Banho no micvê;
  • Aceitação dos preceitos da religião (613 no total);

Cerimônia

Durante a cerimônia do casamento judaico, o noivo recebe o nome de chatan (noivo em hebraico), e a noiva passa a ser chamada de kallah (noiva em hebraico). A celebração possui três estágios distintos que precisam ser seguidos na ordem.

1. Ketubah

Neste momento o noivo precisa assinar o contrato de casamento, e para presenciar essa assinatura são necessárias duas testemunhas. No entanto, essa etapa é realizada antes da chegada da noiva.

2. Huppa

Uma tenda é montada e serve para representar a casa dos noivos. Neste momento eles são levados para esse espaço juntamente com os seus pais, e é nessa tenda que é realizada a última etapa da cerimônia.

3. Chassns’tisch

Na tenda é instalada uma grande mesa onde os familiares e convidados serão chamados para compartilhar as bebidas e comidas que serão oferecidas após a benção do rabino. O casamento judaico acontece diante de dez testemunhas (homens). Também há a benção das alianças e do vinho, sendo que os noivos precisam tomar uma taça.

Somente após se cumprir essas três etapas, os noivos poderão finalmente trocar as alianças. Todavia, antes de iniciar as festividades, eles precisam cumprir outros rituais obrigatórios. Os mais importantes são a quebra das taças e as sete bênçãos, porém, existem outros que poderão surgir no decorrer da cerimônia e que devem ser cumpridos de maneira apropriada.

Após a cerimônia religiosa, os convidados são chamados para um banquete, e a decoração é feita com muitas flores para deixar o ambiente mais festivo.

Na maioria das vezes, a cerimônia do casamento judaico é realizada em espaços abertos. Uma das principais diferenças em relação a outras religiões é que são reservados espaços especiais para que o casal possa cumprir todos os rituais que a tradição judaica exige.

Mais sobre o casamento judaico

Para organizar um casamento judaico que se enquadre nas tradições desse povo, é necessário conhecer muito bem o que ele representa:

1. A cerimônia não deve necessariamente acontecer na sinagoga, mas muitos casais trocam os espaços ao ar livre por esses locais. Essa questão fica a critério dos noivos.

2. O altar é conhecido como Chupá, e deve ter quatro pilares. Ele representa o passado, presente e futuro dos noivos, e possui um significado especial: o lar dos recém-casados cercado por amigos e familiares.

3. Esse dia também é conhecido como o dia do perdão, por isso a noiva se veste de branco para representar a pureza.

4. No lugar da marcha nupcial, a noiva percorre o caminho ao altar ao som da música “Boi BeShalon” (encontre a paz).

5. A noiva entra com o rosto coberto por um véu, quando o pai a entrega ao futuro marido. Esse véu é levantado por um breve momento, depois ele novamente volta a cobrir o rosto da noiva, simbolizando que o noivo não está interessado apenas na beleza exterior.

Essas foram algumas informações para você entender como funciona o casamento judaico. Se você gostou, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso tenha alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *