Como se inscrever para casamento comunitário em SP

Confira as regras para se inscrever em casamento comunitário em SP

O casamento comunitário é um conceito que ficou muito mais popular, sendo uma alternativa para casais que não podem arcar sozinhos com todos os custos.

Em São Paulo, há diversas igrejas católicas, cartórios, espaços evangélicos, salões, etc., nos quais essas uniões comunitárias podem ser feitas, ressaltando-se que o reconhecimento legal delas é igual à dos casamentos convencionais.

Há certos mitos com relação a essas cerimônias, como elas não poderem ser bonitas ou não haver convidados.

Esse tipo de afirmação não é verdadeiro: há casamentos comunitários muito bonitos, com decoração impecável e também com a presença de convidados.


Requisitos para fazer casamento comunitário em SP

As inscrições para os casamentos comunitários são feitas nos cartórios: deve-se procurar o cartório de registro civil mais próximo e perguntar sobre as datas disponíveis, fazendo o mesmo com a igreja.

No caso de o cartório ou a igreja da região não terem data ou não realizarem esse tipo de cerimônia, basta pedir informação sobre onde ela é feita.

Para o casamento comunitário no civil, os noivos precisarão apresentar averbação de divórcio, documento de identificação, certidão de nascimento, comprovante de renda, comunicação de óbito do ex-cônjuge, duas testemunhas e comprovante de endereço.

É claro que a apresentação dos documentos é personalizada para cada casal: para alguém que nunca se casou, por exemplo, a única certidão necessária é a de nascimento.

Quem já foi casado e também é viúvo, por exemplo, terá de levar os dois documentos respectivos.

Se esse casal já tem filhos, a certidão de nascimento deles precisará ser levada ao cartório. Para descobrir os cartórios, é só escrever “Cartórios para casamento” e o nome do bairro.

Já no casamento comunitário no religioso, é preciso levar a certidão de casamento e os documentos pessoais, de acordo com o que a paróquia exigir.

Como se inscrever para casamento comunitário em SP


Como é a organização de um casamento comunitário?

Uma vez que é um casamento de várias pessoas e com gostos diferentes, é claro que a cerimônia comunitária costuma ser básica, principalmente com relação à religiosa.

Geralmente, usam-se flores de cores neutras para a decoração e qualquer atrativo extra, como música, precisa ser aprovado por todos os casais.

Por outro lado, não é preciso que os noivos e noivas estejam com roupas iguais: é possível utilizar o vestido que se quiser e a cor de paletó preferida também.

Quem não quiser estar de vestido tradicional de noiva pode optar por outro tipo de roupa também, desde que haja o devido decoro.

Vale dizer que não costuma haver uma festa comunitária: apenas o casamento no civil ou no religioso. Após, os noivos podem fazer almoços ou mesmo pequenas festas em sua própria casa, com os seus familiares.


Preço do casamento comunitário em SP

O casamento comunitário em São Paulo não é completamente de graça, apesar de ser bem mais barato que as cerimônias tradicionais.

Tanto os cartórios quanto as igrejas oferecem valores mais baixos para quem quer casar nessas condições, uma vez que se acredita que os noivos tenham pouca renda.

Não há um valor determinado para esses casamentos, sendo preciso contatar cada cartório e cada igreja.


Casamento comunitário precisa ser sempre entre desconhecidos?

Não necessariamente: se determinado cartório está oferecendo casamento comunitário e duas primas estão noivas, por exemplo, podem inscrever-se juntas. Todavia, a ideia do casamento comunitário trouxe uma adaptação: muitos fazem essa cerimônia apenas entre pessoas conhecidas.

Isso ocorre quando casais amigos pretendem celebrar a união, mas não gostariam de gastar muito.

Nesse caso, os casais se juntam e pagam a cerimônia, podendo escolher mais detalhadamente todos os aspectos.

Não é preciso nem esperar a agenda do cartório ou da igreja: eles decidem quando pretendem se casar e, após somar os valores das taxas para cada casal, dividem igualmente.

Um benefício especial desse tipo de casamento apenas entre pessoas conhecidas é que dá para estipular tempo para os votos, escolher em conjunto a música e a decoração e também gastar menos com a recepção.

Como se inscrever para casamento comunitário em SP


Casamento comunitário religioso em SP

O casamento comunitário no religioso pode ser realizado em quase todas as religiões: claro, dependendo dos dogmas de cada uma.

Considerando a Igreja Católica, por exemplo, as paróquias liberam alguns dias para essas cerimônias, estipulando quantos casais poderão se inscrever.

No caso da Igreja Evangélica, é mais comum que seja oferecido um salão amplo ao qual o pastor se dirige e faz a cerimônia. Há clubes e outros lugares a céu aberto que também podem sediar casamentos comunitários, de acordo com a sua disponibilidade.

Um dos momentos mais bonitos dos casamentos é o dos votos; porém, nem todas as celebrações comunitárias permitem isso por causa do tempo.

Se houver 30 casais participantes, por exemplo, é difícil que as 60 pessoas envolvidas façam os seus votos, já que a cerimônia ficaria longa demais. Entretanto, a troca de alianças e todo o resto da celebração é feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *