Como se inscrever para casamento comunitário no RJ

Saiba como funcionam as regras para participar de casamento comunitario RJ

O casamento comunitário é um recurso que as pessoas de todos os Estados podem utilizar, sendo uma atividade social que ajuda quem quer regularizar sua união e não tem como arcar com as despesas.

No Rio de Janeiro, o Tribunal de Justiça do Estado concede essa cerimônia civil de maneira gratuita por algumas vezes durante o ano e tudo com amparo legal: o ato normativo regulamenta o casamento comunitário por lá é o TJ 02/2010.

Nesse tipo de cerimônia, o governo determina um local de bom tamanho para que todos os noivos e convidados sejam acomodados. Há um juiz de paz para oficializar as uniões e os casais ficam em fila para que as certidões de casamento sejam assinadas.

Há um limite de convidados para cada casal a fim de que não fique lotado demais; entretanto, eles conseguem acompanhar a cerimônia com bastante conforto e podem levar filmadoras ou máquinas fotográficas.

Ainda que seja um casamento coletivo, as noivas podem estar de vestido branco ou com qualquer outro que queiram vestir. Os convidados não precisam estar a rigor: qualquer vestimenta é autorizada.


Como fazer inscrição para casamento comunitário RJ

As inscrições variam de acordo com a cidade: provavelmente, as suas Secretarias de Assistência Social ou órgãos correspondentes determinem datas diferentes umas das outras.

Entretanto, o Tribunal de Justiça carioca pode informar os casais como proceder para se inscrever.

O e-mail para o qual as informações podem ser pedidas é gabpres.diapp@tjrj.jus.nr.… Clique aqui para ler o artigo completo

Como funciona o casamento comunitário

Saiba como funciona o casamento comunitário e veja como fazer a inscrição para participar da cerimônia

Ainda que o casamento seja considerado uma das ocasiões mais comemoradas, também é razão para muita despesa: buffet, pagamento da taxa da Igreja, pagamento do cartório, convites e tudo mais.

É por isso que as cidades concedem aos munícipes a chance do casamento comunitário.

Nesse tipo de casamento, um número máximo de casais divide os gastos e isso não é somente para quem tem situação financeira mais complicada.

É comum que alguns casais não tenham a pretensão de uma super festa, mas queiram comprar uma aliança mais bonita ou viajar com mais mordomias na lua de mel. Se eles economizam usando o casamento comunitário, sobra dinheiro para esses outros planos.

Há pessoas que possuem certo preconceito com os casamentos desse tipo, achando que eles não são bonitos ou que não serão tão inesquecíveis: isso é um erro.

Muitos casamentos comunitários são belíssimos o figurino dos noivos e das noivas não é padrão: cada um pode usar o terno e o vestido que sonhou.

Também é autorizado levar convidados aos casamentos desse tipo: porém, é verdade que eles deverão estar em menor quantidade. Quanto mais casais estiverem se casando, menor será a cota de convidados para cada um.


Regras do casamento comunitário civil

Cada cidade tem as suas datas para fazer os casamentos comunitários e o cartório as informa aos noivos.

Sendo assim, é só comparecer a um e perguntar sobre a realização do casamento comunitário: o funcionário dirá a próxima data e os documentos obrigatórios para a certidão.… Clique aqui para ler o artigo completo