Como funciona o casamento árabe

Quer conhecer as peculiaridades do casamento árabe? Então acompanhe nosso artigo especial e saiba como funciona a cerimônia

A cultura árabe é uma das que mais exercem fascínio dentre as pessoas do Ocidente e muito disso se deve ao fato de haver muitas diferenças de vestuário, de crenças, de costumes e muito mais.

É inegável que os produtos daquela parte do mundo são muito atraentes por causa do ouro, dos motivos coloridos, das pedras preciosas, etc.

Entretanto, como será um casamento árabe? Se você conhece alguém com essa ascendência e foi convidado para uma cerimônia típica, descubra aqui o que vai encontrar.

Se você é um dos noivos e precisa aprender mais sobre o casamento árabe, também encontrará neste artigo todos os principais pontos dessa celebração.


Duração do casamento árabe

Toda a cerimônia árabe é completamente diferente do casamento ocidental e, talvez, uma das coisas mais impressionantes seja a sua duração: são três dias de comemoração.

Cada um desses dias tem um foco diferente e os convidados participam de todos: para isso, é muito comum que as famílias árabes paguem as acomodações de quem convidam ou que os hospedem nas suas próprias casas, dependendo do tamanho e da quantidade de gente.

Como funciona o casamento árabe


Primeiro dia de cerimônia do casamento árabe

O primeiro dia é o que mais se assemelha às cerimônias ocidentais: os noivos estão juntos e existe um contrato de casamento, que é assinado; pode-se fazer um paralelo entre esse contrato e o casamento no civil, que ocorre no Brasil.


Segundo dia de cerimônia do casamento árabe

Já o segundo dia tem como foco a noiva e as demais mulheres da comemoração.

A noiva utiliza uma roupa diferente da que foi usada para assinar o contrato de casamento e um dos grandes momentos do segundo dia é quando as mulheres solteiras fazem tatuagens de hena.


Terceiro dia de cerimônia do casamento árabe

A comemoração oficial do matrimônio acontece apenas no terceiro dia: nele, há uma festa bastante grande e na qual é muito comum a abundância de doces.

Outro elemento muito importante no casamento árabe é a música típica: os convidados celebram a união dançando, sem contar que isso é feito pelos noivos também.


Como é feita a decoração de um casamento árabe?

Nos ambientes mais tradicionais ou nos países árabes, o ouro tem presença certa na decoração: inclusive, existem dois tronos de ouro nos quais os noivos ficam sentados e que são levantados no terceiro dia de comemoração (com os noivos neles).

Aliás, a noiva também chega ao recinto sentada em um trono, e ele é elevado por pessoas escolhidas.

Porém, há muitas famílias com ascendência árabe, mas que não desejam uma cerimônia tão tradicional assim.

Nesse caso, uma opção é fazer o casamento em uma chácara, com uma tenda bem grande e branca na sua parte exterior e pufes coloridos para que os convidados sentem.

Para mais sofisticação, indica-se providenciar um tapete feito de cetim e em cores fortes, como o roxo.

É claro que nem todas as pessoas que escolhem uma cerimônia árabe são ascendentes dessa cultura: há casos nos quais os noivos apenas ama e se identificam com os costumes, mas sem riquezas para dispor de elementos de ouro.

Para manter o ambiente o mais parecido possível com o árabe, indica-se utilizar materiais dourados.


Trajes para o casamento árabe

Nos casamentos ocidentais, o que predomina são os tons mais neutros: até é possível encontrar vestidos azuis ou verdes, mas não se vê convidados vestindo um tom de laranja vivo, por exemplo.

Nos casamentos árabes, ocorre o contrário: é indicado que as roupas dos convidados sejam bastante coloridas.

Os homens podem usar os ternos de tom neutro, mas as mulheres podem investir em vestidos bem alegres e, se possível, com adornos dourados.

No caso da noiva, um casamento árabe tradicional conta com até sete trocas de roupa; entretanto, é obrigatório que se use o branco e o verde em alguns momentos específicos.


Comida do casamento árabe

Quem está organizando um casamento árabe não pode se esquecer de que a bebida alcoólica é proibida, tanto na festa quanto na cerimônia.

Por isso, vale a pena oferecer aos convidados refrigerantes, sucos naturais e até chá (que pode ser quente ou gelado, de acordo com a época do ano na qual o casamento acontece).

Também é interessante investir nos doces árabes, já que eles são muito consumidos. Há uma teoria na qual eles sejam tão valorizados assim pela inexistência de bebida alcoólica na comemoração.

Como funciona o casamento árabe


Como é o tratamento da noiva no casamento árabe?

Se a noiva não é de ascendência árabe, pode estranhar um pouco a forma como será tratada.

É claro que, nos casamentos ocidentais, ela é a estrela da cerimônia, com o seu vestido branco, buquê e tudo mais; no entanto, isso é ainda mais grandioso no matrimônio árabe.

Primeiramente, ela adentra o espaço do casamento carregada em um trono dourado. Além disso, ela tem um dia inteiramente dedicado a celebrá-la (como falado, é o segundo dia das comemorações).

Por fim, enquanto a noiva está passando no trono de ouro, os convidados jogam sobre ela uma vasta quantidade de rosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *