Como escolher a madrinha de casamento ideal?

Quando um casal comunica que vai se casar, o que não faltam são parentes e amigas querendo ficar com o posto de madrinha.

É claro que receber essa incumbência é uma demonstração de carinho por parte dos noivos, mas esse personagem do casamento realmente tem uma atribuição importante.

Pensando nisso, o casal deve considerar muitas coisas antes de escolher a madrinha.

Refletindo sobre os tópicos apresentados neste texto, ficará mais simples escolher a madrinha ideal, garantindo que o matrimônio (inclusive sua preparação) seja excepcional.


O que a madrinha de casamento deve fazer?

Muita gente pensa ser madrinha significa apenas usar um dos vestidos mais bonitos e ter lugar no altar, além do status em vista dos outros convidados.

Contudo, existem atitudes que são esperadas de uma madrinha de casamento.

Como escolher a madrinha de casamento ideal?


Ajudar na organização das etapas

A preparação do matrimônio em si é uma atribuição do casal, mas é comum que a mulher assuma grande parte das escolhas, necessitando de opinião da madrinha.

Por isso, quem deseja e aceita ser madrinha de casamento precisa conseguir administrar a sua agenda pessoal para ajudar a noiva também.


Participação nas questões práticas

A ajuda da madrinha de casamento deve ir bem além de opinar sobre flores ou vestido.

Na realidade, é esperado que a madrinha também colabore com as partes mais práticas dos preparativos.

Se a noiva precisar de ajuda para pedir orçamentos, para agendar horários ou para falar com um fornecedor, a madrinha também deve estar a postos.

Ouvir os desabafos

O casamento é um período de muita ansiedade para os noivos e, muitas vezes, o casal precisa desabafar.

Como a madrinha desfruta do carinho e da confiança deste, é de bom tom que ela se mostre disponível para ouvir os desabafos, dar opinião e tranquilizar.


Acompanhar a noiva no dia do casamento

É claro que madrinha estará com a noiva na cerimônia e na festa, mas é necessário que ela participe de todo o dia.

Sendo assim, ela deve participar da arrumação da noiva, estar à disposição para o caso de ela estar muito ansiosa ou de haver problemas.

A madrinha deve sair para a cerimônia apenas depois que a noiva está pronta ou que, ao menos, está garantido que tudo está bem.


Aceitar as decisões dos noivos

Mesmo que seja importante a opinião da madrinha, é importante lembrar que absolutamente todas as decisões serão do casal.

Quem é escolhido para esse posto não pode tentar impor o que acha mais bonito ou apropriado e nem dar a entender desgosto se os noivos tiverem opinião diversa sobre algo.


Dicas para escolher a madrinha de casamento ideal

Os noivos devem escolher juntos todas as madrinhas, admitindo que se tenha mais de uma.

Alguns casais entram em acordo para que um par de padrinhos seja escolhido pelo noivo e outro pela noiva, ou até mais que isso.

O fato é que precisa existir consenso com relação a quem serão as mulheres selecionadas.

As dicas para a escolha são:

Escolher pessoas com quem se tem afinidade

Ainda que seja o décimo casamento dos noivos, a oficialização de uma união é sempre um acontecimento memorável e, por isso, tem de ser dividido com pessoas com as quais se tem carinho.

Avaliar a disponibilidade

Como mencionado, as madrinhas precisam ajudar os noivos em algumas ocasiões e isso demanda disponibilidade. Dessa forma, o casal precisa analisar se a pessoa escolhida terá essa disponibilidade.

Ter atenção aos pares

Quando a madrinha escolhida é casada ou tem namorada, é de bom tom que o seu companheiro seja o padrinho.

Dessa maneira, o marido ou namorado da candidata a madrinha também deve ser analisado.

Já quando a madrinha é solteira, será necessário “encaixá-la” com um padrinho também solteiro e o ideal é analisar a personalidade.

Recomenda-se colocar como pares de padrinhos pessoas que se pareçam e que, provavelmente, passarão horas agradáveis.

Confirmar a agenda

Se a pessoa que o casal deseja para madrinha costuma viajar muito a trabalho ou se o casamento ocorrerá perto de datas festivas, é importante conversar com a mulher sobre a sua agenda e confirmar que ela poderá estar no casamento.

Personalidade muito forte pode prejudicar

Se a possível madrinha costuma ser expansiva em excesso ou gosta de impor os seus pensamentos, deve-se reavaliar a sua participação como madrinha.

Como escolher a madrinha de casamento ideal?


E se a madrinha de casamento desistir?

Além de ser difícil escolher a madrinha de casamento ideal, os noivos podem passar por outro tipo de dificuldade: quando uma das madrinhas desiste de participar.

Muitas vezes, isso acontece não por descaso de quem é escolhido, mas por um problema profissional, familiar, de saúde, financeiro, etc.

Por causa disso, é fundamental que os noivos tenham em mente algumas “madrinhas reserva”; não se deve contar aos demais quem são elas, mas esse planejamento ajuda o casal a substituir a madrinha desistente sem danos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *