Como funciona o casamento católico

Quer entender como funciona o casamento católico? Neste post nós explicamos todos os detalhes, da documentação à cerimônia

Apesar de existirem muitos tipos de cerimônia de casamento, ainda existe a predominância da cerimônia católica.

Entretanto, isso não quer dizer que todo mundo sabe como ela funciona: muitos noivos ficam perdidos quando começam os procedimentos para marcar o seu casamento na igreja.

Por isso, saiba aqui como funciona o casamento católico, desde os documentos para marcar a cerimônia até como é o andamento dela.

Mesmo que as paróquias tenham as suas particularidades, a maioria utilizará os procedimentos apresentados aqui.


Documentos para o casamento católico

Quem deseja marcar o seu casamento em uma igreja católica precisa cuidar de alguns documentos, sem se esquecer de que é obrigatório realizar o casamento no civil antes. Deve-se levar à paróquia:

  • Certidão de batismo da noiva e do noivo;
  • Protocolo de processo civil;
  • Xerox da carteira de identidade da noiva e do noivo;
  • Certidão de óbito, na eventualidade de uma das partes ser viúva;
  • Pagamento da taxa.

Valem algumas explicações a respeito dos documentos acima. Primeiro, a certidão de batismo: no caso de um dos noivos não ter sido batizado, é possível providenciar isso antes do casamento.

Porém, será preciso contatar o padre responsável pela paróquia para instruções e para agendar o sacramento.

No caso do protocolo de processo civil: não é obrigatório que a pessoa já tenha casado no civil antes de agendar a cerimônia religiosa. Basta que ela apresente à paróquia o comprovante de que o casamento civil está agendado.

A respeito dos viúvos que não têm mais a certidão de óbito do cônjuge, é muito importante buscar uma segunda via.

Como funciona o casamento católico


Como é a cerimônia de casamento católico

Essa é uma cerimônia que pode ter vários participantes: além dos noivos, há o pajem e a dama de honra e os casais de madrinhas e padrinhos.

Porém, quem tem preferência por uma celebração menor pode reduzir a quantidade de padrinhos e dispensar o pajem e a dama de honra: é só o noivo levar as alianças com ele para o altar.

Durante a cerimônia, o padre fala um pouco sobre o casamento e o que ele implica, confirmando com os noivos que eles estão se unindo por livre e espontânea vontade.


Troca de votos no casamento católico

O casal que quiser pode fazer a chamada troca de votos: é um pequeno discurso que cada um faz, dirigido ao seu parceiro, falando sobre os seus sentimentos e sobre o que sonha para o seu casamento. Normalmente, esses votos são escritos antecipadamente e levados pelos noivos para leitura.


Troca de alianças no casamento católico

No momento da troca das alianças, o casal que escolhe ter pajem ou dama de honra espera que eles tragam o par. Nessa ocasião, é possível inovar: há noivos que escolhem crianças importantes para eles para levar as alianças; porém, já houve avós e até animais de estimação com essa tarefa.

Para que o casamento católico seja mesmo reconhecido, é importante que o padre fale, ao final, que os declara marido e mulher e que haja o beijo do casal.


Noite de núpcias no casamento católico

A noite de núpcias, embora íntima, também acaba estando relacionada à cerimônia: o casamento católico só é considerado consumado após a primeira relação sexual.

Há casos, inclusive, nos quais uma das partes pede a anulação garantindo, usando como argumento o fato de que o laço matrimonial nem mesmo foi consumado.


Ensaios para casamento católico

A maioria das paróquias tem ensaios de casamento, nos quais é importante que os padrinhos e madrinhas compareçam. Nesses ensaios, é treinada a ordem de entrada na igreja, o ritmo da caminhada e onde cada um ficará posicionado no altar.

Os noivos também precisam treinar, principalmente o que responder em determinados momentos da cerimônia, a que horas poderão mencionar os seus votos, o que devem falar enquanto estão colocando a aliança no dedo do parceiro e mais.


Curso para os noivos no casamento católico

Outra atividade que a Igreja Católica costuma oferecer é o curso para os noivos: ele serve para orientar o casal sobre o que significa o casamento, qual é a visão católica da união, qual é a implicação do sacramento para a sua vida espiritual e várias orientações.

Nesse curso, os noivos não aprendem coisas práticas sobre a cerimônia: é abordada a temática espiritual.

Como funciona o casamento católico


Agenda e taxa dos casamentos católicos

Cada paróquia tem a sua própria agenda para os casamentos e, em alguns lugares, a fila de espera pode ser de mais de um ano.

Por causa disso, é interessante que os noivos contatem a igreja de interesse logo que decidem a data: preferencialmente, é bom também que se evite mudar o dia da cerimônia.

As taxas para o casamento na igreja católica também são variadas, de acordo com a paróquia.

Quando se trata de uma igreja que tem muita procura para casamentos (normalmente, pela localização ou pela grande estrutura, como a Igreja da Sé, em São Paulo), as taxas ficam consideravelmente mais caras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *